quinta-feira, 22 de julho de 2010

#Transparência e #Webcidadania


Jornalistas têm questionado a todo momento candidatos quanto as possibilidades da internet nestas eleições. Vou trazer aqui um outro lado, a internet em benefício da população, mais especificamente o twitter.

Mas antes vamos entender o que é 'Webcidadania':  São ferramentas digitais que modificam o eixo da participação na vida pública: de simples receptores das mensagens de políticos e partidos, os cidadãos passam a ter voz ativa na organização de suas demandas.

Agora que a grande maioria dos políticos com madato e candidatos possuem perfil no twitter, fica fácil acompanhá-los, fazer propostas e comentar atuações. Mas apesar de todo esse potencial ainda temos dificuldades em fazer a 'webcidadania' mais presente, pois temos parlamentares que não interagem e não deixam de forma clara para o eleitor quem são (informações em sua Bio).

Existe um projeto específico dentro do twitter denominado Twiticos que tem como finalidade acompanhar políticos no Brasil todo e prestar suporte à eles de forma que a população possua todas as informações que merece enquanto eleitores que são.

E agora vamos aos casos práticos.

No dia de ontem, também estava contribuindo, sugerindo a uma serie de deputados e candidatos que colocassem um pouco mais de informaçoes em suas Bios, assim como a da candidata a presidência da república, Marina Silva, que possui todas as principais informações:

Notem, informa que é candidata, a legenda, profissão e mandato. Perfil totalmente transparente e fornece todas as principais informações que o eleitor precisa ter. Mas como já comentei antes, ainda temos muitos que estão com perfis que poderiam conter um pouco mais de transparência. E é sobre eles que vamos conversar nesse momento.



Durante o dia depois de alguns candidatos 'twitarem' (escrever em seus perfis no twitter), tive a curiosidade de analisar a Bio, percebi que continham a maioria das informações ideais, mas muitos não anunciavam que eram candidatos, como o Deputado Federal Carlos Melles e a também Deputada Federal, Manuela d'Ávilla. Notando isso, fiz comentários no twitter e até tentei fazer sugestões diretamente acreditando que isso seria o certo, pois assim todos saririam ganhando, os candidatos e o eleitorado. Acompanhe como foi:

  

E, enquanto esperava a resposta, continuei conversando com o pessoal do projeto Twiticos



Não muito tempo depois, a deputada reagiu aos comentários do @twiticos , vez que em outro post ele afirmou que ela já foi mais interativa. Respondendo a mim também, negando o que estavamos conversando, mas se repararem, nossa conversa foi direcionada somente quanto a fazer uma sugestão.


Mas é claro que não existe um padrão de perfil no twitter, nem é essa a intenção, mas como já citei anteriormente, o papel das ferramentas da internet quando se fala em 'webcidadania' é o de facilitar para o cidadão que ele possa conhecer e questionar as pessoas que estão em cargos públicos, eleitos pela população.
E agora a resposta do outro candidato:



De forma direta,  clara e simpática o candidato por MG respondeu a sugestão feita. Posicionamento que esperamos de todos os candidatos, até porque não é intenção minha e acredito que também não seja do pessoal do projeto Twiticos, ensinar os candidatos a fazer política, o objetivo é compartilhar propostas que possam vir a contribuir com a democracia no nosso país, trazendo transparência e objetividade para o cidadão brasileiro.

E o melhor de tudo isso é que, enquanto estava escrevendo esse post, recebi essa notícia pelo twitter:




Mas agora te pergunto, você tem feito sua parte pela democracia?
Alem de cobrar seus direitos, tem cumprido com os deveres que o denominam cidadão?
Nós estamos fazendo nossa parte, o trabalho de formiguinha, mas com a ajuda de cada cidadão consciente, conseguiremos chegar muito longe!

3 Comentários:

Pan )O( disse...

Perfeitamente! E esse "Muito Longe" se trata de um Novo País! Verdadeiramente democrático e participativo. Com essas informações disponibilizadas pelos candidatos, podemos nos situar como CIDADÃOS lado a lado de nossos POLÍTICOS, ou seja, aqueles que representam a NOSSA vontade! E a relação entre o governo e a população tende a ficar cada vez mais próxima e interativa; mesmo que essa interação possa gerar cada vez mais conflitos, ela JAMAIS será vista como algo negativo, pelo contrário! Quanto mais nós, jovens, impusermos aos nossos representantes a NOSSA vontade e os NOSSOS direitos, mais eles serão ouvidos e atendidos; mesmo que do modo masis difícil...
É ISSO AÍ caras! Lutando SEMRPE pelos nossos direitos e permanecendo com voz ATIVA nosse país maluco, que há de ser menos maluco. Vamos mudar, vamos cresscer, vamos EVOLUIR!

Frontelle disse...

Corretíssimo!! Parabéns pelo comentário, foi essa a intenção desse post, demonstrar que a democracia está presente em todos os lugares, inclusive nos virtuais!
#webcidadania (:

Luciano de Sálua disse...

Webcidadania, estamos junt@s nessa!

Postar um comentário

Total de visualizações de página

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO